Campanha de Fraternidade Auta de Sousa

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Campanha de Fraternidade Auta de Souza

“Prossegue, semeador, alçando monte acima, A plantação da fé na gleba da esperança, Ara, semeia, aduba, e intimorato, avança, Consagrando a servir no sonho que te arrima.” Auta de Souza (Do livro Auta de Souza, psicografado por Francisco C. Xavier, p.83) O que é a Campanha de Fraternidade Auta de Souza?

“A Campanha de Fraternidade “Auta de Souza” destina-se a levar a sublimidade dos ensinos de Jesus, através da Doutrina Espírita, aos lares visitados, sob a forma de uma palavra de conforto e de bom ânimo, de um ensinamento ou de amorosa vibração, através de mensagens transmitidas pelos Espíritos responsáveis pela Evangelização do Brasil, e, bem assim, angariar donativos para as famílias carentes de ajuda em alimentos, roupas, agasalhos, etc.” (Bases e regulamento da Campanha de Fraternidade Auta de Souza, 2.ed., p.19-20).

 

Quais são os objetivos da Campanha?

“[…] divulgação da Doutrina Espírita, nos lares (de porta em porta), através da difusão de mensagens de Espíritos reconhecidos evangelizadores […].” (Bases e regulamento da Campanha de Fraternidade Auta de Souza, 2.ed, p. 22)

 

“[…] arrecadar donativos em alimentos, roupas, etc., a serem distribuídos às famílias carentes, assistidas […].” (Bases e regulamento da Campanha de Fraternidade Auta de Souza, 2.ed, p. 22).

 

“[…] beneficiar o trabalho do caravaneiro como servidor, no exercício da humildade e tolerância […], proporcionando a muitos corações oportunidade de trabalho assim como fonte de cura aos enfermos da alma.” (Bases e regulamento da Campanha de Fraternidade Auta de Souza, 2.ed, p. 22).

 

“[…] dar oportunidade a tantas criaturas desejosas de praticar a caridade, de fazê-la através dos caravaneiros da Campanha.” (Bases e regulamento da Campanha de Fraternidade Auta de Souza, 2.ed, p. 22).

 

“[…]aproveitar, também, o grande potencial da criança, ensinado-a a ser o caravaneiro do futuro.” (Bases e regulamento da Campanha de Fraternidade Auta de Souza, 2ed., p. 22).

 

Metodologia de Trabalho

A Campanha de Fraternidade Auta de Souza é uma tarefa que ocorre nos Centros Espíritas e Postos de Assistência, regularmente, aos domingos pela manhã, aproximadamente das 8 horas às 11 horas. A sua realização está divida em três etapas conforme orientação a seguir, extraídas das Bases e regulamento:

1ª ETAPA > Reunião de preparação

2ª ETAPA > Realização do trabalho na rua

3ª ETAPA > Arrumação do material e avaliação

 

Primeira Etapa: REUNIÃO DE PREPARAÇÃO

"Reunião de preparação e dia e hora preestabelecida, de preferência aos domingos das 8:00 às 9:00 horas, com saída impreterivelmene às 9:00 horas. Após assinatura do Livro de Presença ou ficha, os caravaneiros tomarão lugar no salão, onde passarão a ouvir:

a) - Leitura de uma página de 'O Evangelho Segundo o Espiritismo', ou de uma mensagem;

b) - Leitura de uma página das Bases e regulamento e instrução e esclarecimento de alguma dúvida dos caravaneiros; c) - Leitura de um poema de Auta de Souza;

d) - Prece, que deverá ser feita, de preferência por um dos caravaneiros;

e) - Canto da Canção da 'Alegria Cristã', por todos os presentes, e com entusiasmo.

 

 

Canção da “Alegria Cristã”

Letra: Leopoldo Machado / Música: Oli de Castro

 

Somos companheiros, Amigos, irmãos

Que vivem alegres, pensando no bem.

A nossa alegria é de bons cristãos,

Não ofende a Jesus, nem fere a ninguém.

 

A nossa alegria

É bem do Evangelho,

Vibra e contagia

Da criança ao velho.

 

Mesmo entre perigos

Daremos as mãos,

Como bons amigos,

Como bons irmãos.

 

Sempre ombro a ombro,

Sempre lado a lado.

Vamos trabalhar com muita alegria,

Pelo Espiritismo mais cristianizado,

Pela implantação da paz e harmonia.

 

A nossa alegria...

 

Os diretores procurarão elucidar, da melhor forma possível, os caravaneiros, informado-os sobre a sua responsabilidade como arautos da verdade, como médiuns, na propagação da Terceira Revelação, A Revelação Espírita, o modo como proceder no desenrolar dos trabalhos, especialmente na distribuição do material, pois a carta-pedido e a mensagem não devem ser simplesmente entregues no lar como se entrega um jornal, mas com detalhadas informações, sem se delongar. Se possível organizar pequenas demostrações (esquetes), da forma da distribuição ou entrega da carta-pedido e mensagem, ou criando pequenos cursinhos de preparação de caravaneiros, com detalhadas informações, a fim de melhor instruir os neófitos. 'E tudo quanto fizerdes, fazei-o de todo o coração, como ao Senhor, e não aos homens.' Paulo (Colossenses, 3:23).

 

Antes da prece e preparo para saída da Campanha, o Dirigente formará os grupos com seus respectivos orientadores, entregando-lhes os materiais de trabalho do dia." (Bases e regulamento da Campanha de Fraternidade Auta de Souza, 2. ed., p. 28-29).

 

Nota: O tempo de uma hora (8h às 9h) é reservado para o estudo das Bases e Regulamento pelos caravaneiros iniciantes ou para estudos doutrinários, quando não houver outra oportunidade. Quando os caravaneiros estiverem devidamente treinados e a casa espírita oferecer outros momentos de estudos doutrinários, este tempo poderá ser reduzido em até trinta minutos.

 

Segunda Etapa: TRABALHO DE RUA

"Após o cântico da Canção da Alegria Cristã, cada grupo já formado e de posse do material, acompanha o Orientador do Grupo, com destino ao setor de trabalho, previamente estabelecido, com serenidade, disciplina e ordem. O horário de trabalho, na rua, deverá ser aproveitado o máximo possível, não ultapassando duas horas, ou seja, das 9:00 às 11:00 horas; quando da arecadação, este horário poderá ser dilatado, a fim de evitar que alguma residência fique sem receber os caravaneiros responsáveis pela arrecadação" (Bases e Regulamento da Campanha de Fraternidade Auta de Souza, 2. ed, p. 29)

 

"Para sua realização são necessários dois momentos: o moento da distribuição e momento da arrecadação. Cada um destes momentos é realizado em um domingo. Desta forma, em um domingo se faz a distribuição e no outro se faz a arrecadação. Vamos entender melhor:

 

1ª Semana - Distribuição

Nesta semana os caravaneiros, nome regularmente atribuído aos trabalhadores da Campanha, saem pelas ruas previamente definidas pela equipe, batendo de porta em porta. Em cada lar os caravaneiros apresentam os objetivos do trabalho e, em seguida, entregam os seguintes materiais:

- Uma mensagem espírita de consolo e paz, cumprindo, assim, o principal objetivo da Campanha: a divulgação das verdades imortais reveladas pelo Espiritismo.x

- Uma carta-pedido contendo toda a explicação do que vem a ser a Campanha de Fraternidade Auta de Souza, de forma a esclarecer aos moradores acerca da seriedade e importância do trabalho.

- Saquinhos para a arrecadação de donativos, sendo que somente na próxima semana a equipe retornará para a coleta." (Lindos Casos da Campanha de Fraternidade Auta de Souza, p. 152-153)

 

"Os Caravaneiros ao serem atendidos no lar, dirão: Bom dia, estamos realizando a Campanha de Fraternidade Auta de Souza e deixando aos seus cuidados uma mensagem, uma carta-pedido e dois saquinhos de papel para que o senhor (a) possa colaborar, em nome da caridade, com o nosso Departamento de Assistência Social, doando um pouco de alimento, alguma roupa usada, etc. No próximo Domingo, a estas mesmas horas, aqui estaremos para arrecadar o donativo que o seu generoso coração nos reservar. Obrigado, e até o próximo domingo, por estas mesmas horas." (Bases e regulamento da Campanha de Fraternidade Auta de Souza, 2. ed., p. 30-31).

 

2ª Semana - Coleta ou Arrecadação

"Nesta semana os caravaneiros retornam aos lares visitados no domingo anterior para a arrecadação de donativos. Em cada lar os caravaneiros irão:

- Entregar nova mensagem de consolo e paz, diferente da mensagem etregue na semana anterior, oportunizando à família mais um momento de leitura e reflexão em torno do bem e das verdades preconizadas pela Doutrina Espírita. Com isso, o lar pode receber duas mensagens espíritas em um curto período de tempo.

- Recolher os saquinhos com os donativos, oportunizando, desta forma, aos lares, a prática da caridade e o sentimento de benevolência." (Lindos Casos da Campanha de Fraternidade Auta de Souza, p. 153)

 

Terceira Etapa: ARRUMAÇÃO DO MATERIAL E AVALIAÇÃO

"Depois de finalizado o momento de distribuição ou arrecadação, os participantes retornam à casa espírita onde realizam a avaliação do trabalho e a quantificação do número de mensagens distribuídas e lares visitados, caso seja semana de distribuição; ou contagem e registro dos materiais arrecadados, caso seja a semana de arrecadação. Os donativos arrecadados são, normalmente, encaminhados ao Departamento de Assistência Social da Casa Espírita. Após, é realizada a organização dos materiais de trabalho para a semana seguinte." (Lindos Casos da Campanha de Fraternidade Auta de Souza, p. 154).

 

"Todos deverão participar do encerramento dos trabalhos, na sede, quando poderão se expostas todas as dúvidas a serem esclarecidas pelos diretores, os caravaneiros tomam parte, com o coração agradecido pelo trabalho, na prece de encerramento. 'O bom servidor do Cristo faz o seu trabalho completo do começo ao fim, para que os benefícios sejam mais amplamente merecidos. Deus tem pressa do serviço bem feito.'" (Bases e regulamento da Campanha de Fraternidade Auta de Souza, 2. ed., p. 33).

 

 

 

Centro espirita em aguas claras